Anima - Silvia Ricardino

SILVIA RICARDINO – harpa medieval

Iniciou seus estudos de piano e harpa em São Paulo como aluna de piano de Henriqueta Ricardino e Fritz Jank, entre outros. Estudou harpa de concerto, em São Paulo, com Laura Ferraro, Elza Guarnieri e Henriqueta Ricardino. Aperfeiçoou-se, em Paris, com a harpista e compositora Annie Challan.

Lecionou História da Música e História da Arte na Faculdade de Música Carlos Gomes, de São Paulo. Idealizou e apresentou série sobre a harpa em programas produzidos e transmitidos pela Rádio Cultura FM, de São Paulo.

Foi professora de harpa da Escola Municipal de Música de São Paulo e membro da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo. Desde 1984 atua em duo com o flautista 
Marco Antonio Cancello.

Dedicando-se preferencialmente à música de câmara, é intérprete de harpa de concerto, harpa celta e harpa trovadoresca. Silvia também é tradutora de grego moderno, em especial da obra do cretense Nikos Kazantzákis, de quem traduziu diretamente para o português Ascese, O Capitão Mihális e Vida e Proezas de Aléxis Zorbás, todos três editados pela Grua Livros, São Paulo.